sábado, fevereiro 18, 2006

O entrevistador foi entrevistado


A entrevista ao entrevistador vem hoje no Jornal Público nas últimas páginas.
Às páginas tantas a pergunta que incomoda:


"Não receia ser rotulado de entrevistador soft?"

Estamos a falar de alguém que não sai para a rua a perguntar às crianças o que acham da neve, estamos a falar de alguém que não está à porta de um qualquer evento(sem entrar) a perguntar aos traseuntes se gostaram.
Estamos a falar de alguém que nos aumenta o mundo, que nos faz descobrir outros caminhos, abrir livros.
Estamos a falar de uma das três pessoas que já leu Tonino Guerra.

SOFT???

Pode amar-se um Programa de Entrevistas?
O Pessoal e Transmissível é uma daquelas paisagens?