terça-feira, outubro 11, 2005

As obscuras conexões da Livraria O Navio de Espelhos

Resposta a um comentário anónimo:

Alguém que, pelos vistos não veio ao nosso debate plural "Tem a palavra Cultura no seu programa eleitoral?", teceu um comentário do mais injusto que podia fazer.
A Livraria O Navio de Espelhos é um lugar de todos e para todos. Não se cola a nenhum partido político em absoluto. Em nenhum sentido.
Julgamos que a acção política pode vestir-se de variadas formas, que a participação social é para todos e que a todos nós devem ser assacadas responsabilidades das faltas sentidas no exercício do poder. Todos nós podemos ser Câmara Municipal.
E foi neste sentido que decidimos realizar aqui o único debate sectorial (cultura), com todas as forças políticas candidatas à Câmara Municipal, ocorrido durante esta Campanha.

"Toco no livro no bolso de dentro do casaco, no antigo lugar da arma, há agora o completamente diferente"
Erri de Luca


Muitas vezes atribui-se ao Livro e às Livrarias mais poderes do que infelizmente têm.
De qualquer maneira, muito Obrigada.