quarta-feira, agosto 11, 2004

Chuva

não há nada de tranquilo na amnésia



[Jorge Molder]