domingo, julho 25, 2004

a poesia ouve-se na noite rumorosa onde sonham pássaros azuis

a poesia conhece o ouro e dele faz em prata
intui assim a necessidade de recriação para a direita
ou para a esquerda

a poesia assim é uma maravilhosa alquimia da vida
dá-te a ti tudo o que os outros te recusam
e torna-te ouro o prata
conforme o quiseres

a poesia torna-te no homem com que tu sonhas
dá-te o poder mágico de transformar as coisas
onde dizes palavra ela abre-te a palavra

e então são tuas todas as palavras do mundo.

[excertos de antónio gancho]